Os terremotos são provas reais e inegáveis da volta de Jesus Cristo parte 5 Autor Pbsena



  • Todos os arredores do monte Calvário foram atingidos pelo terremoto.

A terra tremeu, e as pedras se fenderam, era o monte Calvário sendo balançado pela poderosa mão de Deus na hora da morte de seu filho Jesus. Neste episodio vemos que as pedras rolaram, ou seja, desceram de alto a baixo. Estava comprovado um terremoto na hora da morte de Jesus. (Mt 27:51)

  • Os sepulcros se abriram, e muitos corpos de santos que tinham sido sepultados foram ressuscitados. (Mt 27:52).

Diante do tamanho da operação do poder de Deus neste episodio, não dá para descrever ou traçar um relato circunstancial e contar em detalhes; ou narrar tudo o que houve naquele dia. Só estando lá pra ver como foi. Uma coisa se pode dizer, com certeza, que foi uma coisa apoteótica.  Foi um abalo do poder de Deus capaz de ressuscitar muitos corpos de santos que tinha sidos enterrados em torno de todos seus arredores.

  • O Capitão da centúria romana vendo o terremoto revelou que Jesus era o filho de Deus (O Justo)

O capitão (centurião) do pelotão que estava com a responsabilidade, de guardar e manter a ordem do local das crucifixões, por mando de Pilatos, reconheceu que aquele acontecimento sobrenatural, foi uma comprovação de que Jesus é o filho (Mt 27:54 Lc 23:47) o centurião vendo todo acontecimento deu glória a Deus, dizendo: Na verdade, este homem era justo. Ou seja, Verdadeiramente (este era filho de Deus).

  • O terremoto foi presenciado por uma multidão

O episodio do terremoto foi presenciado por varias multidões (Lc 23:48) que se reuniram para ver o espetáculo. E também foi visto pelas as mulheres que seguiam Jesus e o auxiliavam no trabalho de evangelização e alguns de seus discípulos.  E por ultimo por amigos e conhecidos de Jesus (Lc 23:49) que estavam presente acompanhando as crucifixões dos condenados da qual Jesus era um (Lc 23:48-49). Todos os fatos que aconteceram lá no Calvário não ficaram as escondidas como eles tentaram encobrir a ressurreição de Jesus.             Veja que segundo escreveu o evangelista São Lucas foram multidões que presenciaram o terremoto e a ressurreição dos mortos que tinham sidos sepultados naquela redondeza no momento da morte de Jesus (Mt 27:52-53)

Observação.

A morte de Jesus foi cronometrada por Deus para acontecer no dia e hora certa. A sua morte ocorreu no dia em que o povo de Israel celebravam e comiam a Páscoa. Era o dia quinze de Abril de do ano trinta da era cristã. A festa da páscoa foi instituída por Deus em lembrança da morte dos primogênitos do Egito e do dia da libertação de Israel do Egito. O nome “páscoa” deriva duma palavra hebraica, que significa: “passagem do anjo exterminador” sendo poupado as habitações dos filhos de Israel da morte, cujas portas tinham sidas aspergidas com o sangue do cordeiro pascal Ex 12:11-27).

Vá para sexta parte do estudo

Concecte-se em mim e descubra os meus mistérios

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s